Notícias


Comércio de Santa Luzia registra aumento das vendas em 40% e rede hoteleira registra ocupação de 100% no São João, atesta o CDL

O sucesso de público registrado na 77ª edição do São João de Santa Luzia surtiu efeito direto na economia do município. Só no período preparatório da festa e do dia 21 a 24 de junho, dias principais do evento, o comércio local registrou um aumento de 40% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado e a rede hoteleira teve 100% de ocupação de seus leitos, conforme levantamento divulgado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município.

A realização do São João de Santa Luzia mudou completamente a rotina da pacata cidade localizada no Vale do Sabugi. Durante todo o mês de junho, mas principalmente nos quatro principais dias da festa, foram gerados cerca de 3.000 empregos diretos e indiretos no município, conforme estimativa da Prefeitura Municipal.

 

Só no perímetro da festa, foram 78 barraqueiros trabalhando dia e noite na comercialização de bebidas e comidas típicas. Ademais, o comércio aqueceu as vendas com a chegada dos turistas, os hotéis e pousadas do município se encontraram lotados e dezenas de santa-luzienses ganharam dinheiro com aluguéis temporários de imóveis durante os dias de festa, algo que só tinha sido visto nas décadas de 80 e 90, época em que Santa Luzia era referência na realização de São João na Paraíba.


“A realização do São João de Santa Luzia não é considerada um gasto público, pois, todo o investimento retorna para o município. A festa
fortalece o nosso turismo, gera emprego e renda e movimenta de forma pujante a economia local. As famílias aguardam o ano inteiro, se preparam e investem para a chegada do evento”, comentou o prefeito Zezé.

 

COMERCIANTES APROVARAM O EVENTO


O barraqueiro Adoniran Antunes elogiou a organização do evento e o apoio destinado ao trabalho dos comerciantes durante a festa. “O evento aqueceu a economia do nosso município. A estrutura montada pela Prefeitura favoreceu os comerciantes que lucraram bem durante a festa. Foi show de bola”, ressaltou.


O vendedor José Tavares trabalhou vendendo bebidas no seu isopor e não se arrependeu. “Dos anos que trabalhei esse foi o que teve mais vendas, foi também o ano que teve mais turistas na cidade” comentou o vendedor entusiasmado com a grandiosidade do evento.



 

« Voltar
shareCompartilhe