Notícias

Prevenção: Força-tarefa da Secretaria de Saúde promove a desinfecção diária em ruas e locais de grande circulação em Santa Luzia

A Prefeitura de Santa Luzia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), tem realizado operações de desinfecção diária de ruas e locais de grande circulação na cidade. O objetivo é reduzir o risco de contaminação do novo coronavírus pela população. A força-tarefa é coordenada pela gerências de Vigilância Sanitária e de Vigilância Epidemiológica Ambiental, com o apoio dos agentes de endemias.  

Ao todo, mais de 100 logradouros públicos e privados já receberam o serviço das equipes da SMS. As desinfecções são feitas com hipoclorito de sódio, conforme orientado pela Nota Técnica Nº 22 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O trabalho é realizado por agentes com uso de equipamentos de proteção individual (EPIs), e roupas de proteção apropriadas para não ter riscos de contaminação.

DIVISÃO DE TAREFAS

A força-tarefa tem concentrado a ação de desinfecção, de segunda a sexta-feira, nas imediações de agências bancárias, incluindo ruas e casas, locais onde diariamente é registrado aglomerações de pessoas em busca de receber auxílio emergencial, e realizar outros serviços bancários. A cada 15 dias, as equipes realizam o processo nas regiões comerciais, incluindo estabelecimentos com fluxo considerável de pessoas.  

“Nossos profissionais de Vigilância em Saúde e Vigilância Sanitária estão à frente desse trabalho com o compromisso e a determinação de evitar que se instale no nosso município um cenário de sobrecarga para os serviços que prestam a assistência à saúde: as Unidades Básicas de Saúde, a Policlínica e o SAMU. Diante do que presenciamos diariamente nas mídias, podemos dizer que estamos no caminho certo e que juntos iremos superar esse momento”, comentou a secretária municipal de Saúde, Ceciliana Medeiros. 

LOCAIS COM FLUXO DE PESSOAS

As equipes têm atuado em diferentes bairros do município, e na área central, percorrendo o entorno de unidades bancárias, postos e unidades básicas de saúde, Hospital e Maternidade Sinhá Carneiro, praças, bancos, supermercados, farmácias, e outros segmentos do comércio, terminal Rodoviário, entre outros locais que têm registro de fluxo de pessoas.

“A desinfecção biológica com o uso de hipoclorito (que possui grande ação antimicrobiana) se faz necessária em ambientes externos de serviços essenciais, como por exemplo as unidades de saúde, bancos, farmácias e supermercados, e também serviços que tiveram grande fluxo de pessoas garantindo assim mais uma forma de proteção pra população, uma vez que serviços como esses não fecham. E, é uma forma de combater a disseminação do Covid-19”, comentou a gerente de Vigilância Epidemiológica Ambiental, Murielle Magda.

 « Voltar